Doação de Sangue Animal Salvando Vidas

  Seu Pet Pode Ser Um Herói: Descubra Como a Doação de Sangue Animal Salva Vidas!

Você sabia que seu cão ou gato pode ser um herói e salvar vidas? A doação de sangue animal é uma prática fundamental para ajudar outros animais em situações de emergência. Assim como a doação humana, essa ação solidária pode fazer a diferença na vida de muitos pets.

 

Quem pode ser um doador?

Para que seu amigo peludo se torne um doador, ele precisa atender a alguns critérios importantes:

Cães:

  • Idade entre 1 e 8 anos.

  • Saudáveis, com peso mínimo de 25 kg.

  • Temperamento dócil.

  • Vacinação e vermifugação em dia.

  • Livres de ectoparasitas.

  • Não prenhes ou lactantes.

  • Sem cirurgias nos últimos 3 meses.

Gatos:

  • Com pelo menos 4 kg.

  • Saudáveis, com temperamento dócil.

  • Vacinação e vermifugação em dia.

  • Livres de ectoparasitas.

  • Não prenhes ou lactantes.

  • Sem cirurgias nos últimos 3 meses.

 

Preparando seu pet para a doação:

Antes da doação, é essencial que seu pet fique de 4 a 5 horas sem comer e passe por uma avaliação médica completa, incluindo:

  • Exames de sangue (hemograma, função renal e hepática).

  • Testes para doenças infecciosas.

  • Exame físico geral.

 

Doação segura e eficiente:

  • Cães adultos: Podem doar de 13 a 17 ml de sangue/kg de peso corporal a cada 3 a 4 semanas.

  • Gatos adultos: Podem doar no máximo 11 a 13 ml/kg a cada 2 ou 3 meses.

 

A importância da tipagem sanguínea:

Assim como nós, cães e gatos possuem diferentes tipos sanguíneos. É crucial saber o tipo sanguíneo do seu pet para garantir a segurança e eficácia de uma eventual transfusão.

 

Tipos sanguíneos dos cachorros:

  • DEA 1.1

  • DEA 1.2

  • DEA 3

  • DEA 4

  • DEA 5

  • DEA 7

Tipos sanguíneos dos felinos:

  • Tipo A

  • Tipo B

  • Tipo raro AB

 

Juntos por um futuro mais saudável:

A doação de sangue animal é um ato de amor, solidariedade e responsabilidade social. Cada bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas!

Torne seu pet um herói: converse com seu veterinário e saiba como participar dessa corrente do bem!

Compartilhe este artigo e ajude a espalhar a mensagem: a doação de sangue animal salva vidas!

 

Referências

**[1] **Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). (2011). Coleta de sangue em cães e gatos. São Paulo: FMVZ. Disponível em: Link. Acesso em: 01 dez. 2023.

**[2] **Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro (CRMV-RJ). (2023). Cães e gatos podem doar sangue e salvar muitas vidas. Rio de Janeiro: CRMV-RJ. Disponível em: Link. Acesso em: 01 dez. 2023.

**[3] **Rossi, D.; de Souza, L. C.; da Silva, R. O.; et al. (2014). Transfusão sanguínea em cães. Revista Eletrônica de Veterinária, v. 15, n. 1, p. 1-10. Disponível em: Link. Acesso em: 01 dez. 2023.

**[4] **Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP). (2023). Animais também podem doar sangue. São Paulo: CRMV-SP. Disponível em: Link. Acesso em: 01 dez. 2023.

**[5] **Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). (2016). Tipos sanguíneos em cães e gatos. Porto Alegre: UFRGS. Disponível em: Link. Acesso em: 01 dez. 2023.

 

Pague com
  • Pagali
  • Pix
Selos

ZUO NUTRICAO E SAUDE ANIMAL LTDA - CNPJ: 46.310.610/0001-92 © Todos os direitos reservados. 2024

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade